Acordo emergencial do Rio será apresentado a Michel Temer na quinta

Acordo emergencial do Rio será apresentado a Michel Temer na quinta

A área técnica do Ministério da Fazenda está finalizando as contas e o acordo deve ser concluído nesta quarta

Adriana Fernandes, O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2017 | 18h10

BRASÍLIA - O acordo emergencial de socorro ao Estado do Rio de Janeiro será finalizado nesta quarta, 11, e apresentado somente na quinta-feira, 12, ao presidente Michel Temer. Segundo apurou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, a área técnica do Ministério da Fazenda está finalizando as contas e elaborando as contrapartidas que permitam garantir um alívio ao Estado, mas com soluções, não só de curto prazo, mas de médio e longo prazo para as contas estaduais. 

Uma fonte envolvida nas negociações garantiu ao Broadcast que não há resistências do Rio em relação às contrapartidas. "É importante que o ajuste resolva o problema", disse. 

O acordo, depois de apresentado ao presidente Temer, será levado à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, para que haja uma homologação que permita ao Tesouro Nacional de fato honrar as dívidas do Estado, como previsto no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). 

O secretário de Fazenda do Rio de Janeiro, Gustavo Barbosa, esteve hoje reunido no Ministério da Fazenda, em Brasília, por quase quatro horas. Ele esteve com a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi, para delinear os detalhes do acordo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.