Acordo legal leva Bank of America a registrar prejuízo no 3o tri

O Bank of America, o segundo maior banco dos Estados Unidos, divulgou um prejuízo trimestral aplicável aos detentores de ações ordinárias, em grande parte devido ao impacto de um grande acordo com o governo norte-americano por hipotecas.

REUTERS

15 de outubro de 2014 | 08h45

O banco registrou um prejuízo líquido atribuível aos acionistas de 70 milhões de dólares, ou 0,01 dólar por ação, nos três meses encerrados em setembro, ante lucro de 2,22 bilhões de dólares, ou 0,20 dólar por ação um ano antes.

O lucro líquido, incluindo dividendos de ações preferenciais, caiu para 168 milhões de dólares, ante 2,5 bilhões.

O banco acordou em agosto um pagamento recorde de 16,65 bilhões de dólares para resolver acusações de que havia levado investidores a comprar títulos hipotecários que acabaram azedando, acertando a maior parte dos seus problemas jurídicos decorrentes da crise financeira.

Analistas esperavam que o banco tivesse prejuízo de 0,09 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S. Não ficou imediatamente claro se o valor divulgado pelo banco era comparável a essa cifra.

(Por Tanya Agrawal e Peter Rudegeair)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBANKOFAMERICARESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.