Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Acordo Mercosul-EUA não substitui Alca, dizem EUA

O representante comercial dos Estados Unidos, Robert Zoellick, disse hoje que um eventual acordo bilateral Mercosul/Estados Unidos não substitui o processo da Alca. ?Não é uma coisa ou outra. Uma coisa apóia a outra. O objetivo geral é abrir mercados?, disse. Segundo ele, é preciso definir de que forma um acordo bilateral pode ser tratado dentro da Alca.Zoellick deixou claro que o objetivo da visita ao Brasil é dar prosseguimento às negociações da Alca. ?Esta é uma questão chave para mim?, disse. Zoellick reconheceu as dificuldades de conciliar, na Alca, os interesses de 34 países com perfis econômicos diferentes.Estrutura x substânciaZoellick disse que a imprensa brasileira tem dado muita ênfase à estrutura das negociações. ?Há muita coisa importante de substância. Então, acho que vocês não deveriam só se preocupar com a estrutura. O importante é que o nosso objetivo é acesso a mercados e mais crescimento econômico?, disse.O representante comercial dos Estados Unidos reafirmou a disposição do governo norte-americano de tratar a questão dos subsídios agrícolas na Organização Mundial de Comércio (OMC). Segundo ele, o assunto deve ser discutido entre os presidentes Lula e George W. Bush dia 20 de junho em Washington.Parceiro vital?A nossa mensagem principal aqui, seja em que foro se der as negociações, é que o Brasil é um parceiro vital no hemisfério, e desejamos aprofundar um relacionamento que já é bom?, disse. ?Estou deixando o País, apesar das dificuldades inerentes ao processo, convencido de que podemos avançar muito se continuarmos com as conversas?, afirmou.Zoellick confirmou que, dia 6 de junho, os Estados Unidos assinarão um acordo de livre comércio com o Chile. Também disse que os EUA devem prosseguir as negociações com Singapura e com os países da América Central.

Agencia Estado,

28 de maio de 2003 | 17h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.