ACSP: Vendas crescem na 1ª quinzena de março

Segundo levantamento da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), as vendas a prazo na primeira quinzena de março se mostraram 24,1% maiores que as registradas no mesmo período do ano passado. Na mesma comparação, as vendas à vista subiram 19%.A entidade contabilizou 765.824 consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SCPC), que medem as vendas a prazo, de 1º a 15 de março, ante 617.035 acessos ao serviço um ano antes. O número de consultas feitas ao Telecheque, termômetro das vendas à vista, subiu de 661.527 para 787.162 consultas na comparação das primeiras quinzenas.De acordo com o economista da ACSP, Emílio Alfieri, a alta mostra que a economia continua em ritmo de crescimento. "Aliás, além das expectativas", acrescenta. Prova disso é que as vendas a prazo na primeira quinzena de março em relação ao mês anterior caíram 5,5% e as vendas à vista foram 2,5% inferiores.Inadimplência A inadimplência no comércio paulista cresceu 5,1% na quinzena inicial de março, em comparação com o ano passado. Segundo a ACSP, o número de registros recebidos passou de 168.359 para 176.960 no período. Em relação aos primeiros 15 dias de fevereiro, a inadimplência aumentou 6,5%. Segundo Alfieri, esse índices não são assustadores. "O ideal era que a inadimplência estivesse em torno de 5%, mas também não está perto do recorde atingido em abril de 1999, que foi de 20,21%", diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.