Acusação contra imobiliárias está errada, diz China

A reportagem da China Central Television de que 45 incorporadoras imobiliárias negligenciaram o pagamento de 3,8 trilhões de yuans (US$ 623 bilhões) em impostos sobre valorização de terrenos está errada, sugeriu a Administração Estatal de Impostos da China.

AE, Agencia Estado

27 de novembro de 2013 | 04h48

"Os métodos estão incorretos e há um desentendimento e uma leitura errada das políticas tributárias e do recolhimento de impostos", afirmou em comunicado postado no site. A agência estatal não citou nenhuma organização da mídia especificamente.

A reportagem publicada pela CCTV no domingo afetou negativamente as ações do setor na segunda-feira e resultou em uma forte reação dos empresários. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaimpostos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.