Adesão à greve dos bancários se mantém em 20% em SP

Menos de quatro mil bancários se juntaram ao movimento grevista na região da capital paulista do primeiro para o segundo dia da mobilização. Nesta quarta-feira, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região registrou 24.500 trabalhadores de sua base participando da paralisação, em 725 locais, sendo 25 centros administrativos. Nesta terça-feira (18), primeiro dia da greve, eram 20.800 bancários parados, de acordo com o sindicato.

BEATRIZ BULLA, Agencia Estado

19 de setembro de 2012 | 17h37

A categoria tem cerca de 500 mil funcionários no País e 138 mil na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Em número de funcionários, a mobilização ainda alcança menos de 20% dos trabalhadores da base do sindicato.

A última proposta apresentada pelos banqueiros foi de reajuste linear para salários, pisos e benefícios de 6%. A proposta passa longe da reivindicação dos trabalhadores que pedem 10,25%, sendo 5% de aumento real. Antes de iniciar a greve, os bancários realizaram duas assembleias gerais, no dia 12 e no dia 17 deste mês.

Tudo o que sabemos sobre:
GREVEBANCÁRIOSSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.