bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Adiado para terça-feira acordo do setor elétrico

Foi adiada para terça-feira a assinatura dos termos do Acordo Geral do Setor Elétrico. O acordo vai permitir que as empresas sejam ressarcidas das perdas com o racionamento de energia. Segundo os setores envolvidos, o adiamento se deve aos acertos burocráticos que ainda estão em andamento, já que o acordo envolve um número elevado de documentos que têm que ser assinados por todas as geradoras e distribuidoras de energia.O acordo foi fechado no fim do ano passado e entre suas determinações está o reajuste extra nas tarifas de energia elétrica de 2,9% para as residências e 7,9% para a indústria. O prazo de vigência que cada distribuidora terá para cobrar a tarifa extra será definido pela Aneel até agosto. Cada distribuidora terá um prazo diferente de acordo com o volume de perdas e com a base de clientes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.