Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Bolsonaro nomeia Sachsida para conselho de Itaipu: R$ 25 mil mensais para reuniões a cada 2 meses

Nomeação do ministro de Minas e Energia foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira; o presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, foi exonerado da função de conselheiro da binacional

Lorenna Rodrigues , O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2022 | 09h59

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro nomeou o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, para a função de conselheiro da Itaipu Binacional. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 18. Já o presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, foi exonerado da função de conselheiro da binacional.

Um dos cargos mais disputados no alto escalão do governo, os conselheiros da empresa ganham cerca de R$ 25 mil mensalmente e se reúnem a cada dois meses ou em caso de convocação extraordinária. O Conselho de Administração tem 12 conselheiros, seis brasileiros e seis paraguaios, e dois representantes dos Ministérios das Relações Exteriores, um de cada país. 

Sachsida trabalhou na campanha do presidente em 2018 e desde o início da transição esteve na equipe de Paulo Guedes. Foi promovido a ministro em maio, em meio à pressão de Bolsonaro por redução no preço dos combustíveis, que acabou contribuindo para a demissão de Bento Albuquerque do cargo. O ministro vem atuando como "fiscal de posto" para verificar a queda no preço nas bombas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.