Adversário de Merkel diz que Grécia pode custar bilhões à Alemanha

O candidato a chanceler da Alemanha Peer Steinbrueck afirmou em entrevista que os contribuintes do país podem pagar caro se a Grécia vier a declarar moratória.

Reuters

24 de novembro de 2012 | 09h51

Steinbrueck afirmou ao Bild am Sonntag que o governo deveria deixar bem claro para a população que até agora deu garantias de empréstimos à Grécia que poderiam custar aos alemães bilhões de euros.

"A opinião pública deve saber que a Grécia pode não pagar esses empréstimos", afirmou Steinbrueck, que será candidato do Partido Social Democrata --de centro-esquerda-- contra Angela Merkel nas eleições federais de setembro de 2013.

O político ressaltou que "até agora a Alemanha não deu um único centavo à Grécia", mas disse que isso pode mudar. Para Steinbrueck, a Grécia não estará de volta ao mercado de capitais nos próximos oito anos.

(Por Erik Kirschbaum)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROALEMANHAGRECIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.