AEB lança serviço de informações sobre barreiras às exportações

A Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) está lançando um sistema de informações sobre barreiras técnicas às exportações brasileiras, que hoje representam uma perda de US$ 7,8 bilhões ao País, de acordo com dados do Ministério da Agricultura. Segundo o presidente da AEB, Benedicto Fonseca Moreira, o sistema vai servir como um canal de comunicações entre os pequenos exportadores prejudicados por barreiras técnicas e os órgãos responsáveis por questionar as barreiras no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC)."Qualquer empresa que enfrenta problemas para exportar, pode entrar no sistema e fazer sua reclamação, para que a gente conheça as dificuldades e possa brigar para superá-las", disse Moreira. O Sistema de Informações sobre Barreiras Técnicas poderá ser acessado pela internet ou junto às federações de indústria dos estados e conterá um banco de dados sobre as principais barreiras impostas aos produtos brasileiros.O presidente da AEB disse esperar que o novo governo desburocratize as exportações para facilitar o acesso de pequenas e médias empresas. "Estas empresas, às vezes, nem tem dinheiro para pagar advogados. Como vão entender toda a prolixa legislação que temos para exportar?", questionou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.