Aeronautas desistem de paralisação hoje, mas mantêm indicativo de greve

Companhias aéreas fizeram nova proposta de reajuste salarial para a categoria; funcionários aguardam reunião com o sindicato das empresas nesta sexta-feira

Glauber Gonçalves, da Agência Estado,

13 de dezembro de 2012 | 18h11

 

SÃO PAULO - Os aeronautas desistiram da paralisação prevista para esta tarde depois que as companhias aéreas fizeram uma nova proposta de reajuste salarial para a categoria. O porcentual oferecido a todos os trabalhadores foi de 6%. O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) mantém, no entanto, o indicativo de greve.

"A paralisação só foi suspensa devido ao avanço das empresas e em respeito aos cidadãos", disse o presidente do SNA, Gelson Fochesato.

De acordo com a entidade, pilotos e comissários de bordo aguardam reunião com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) amanhã. Os trabalhadores fizeram um protesto no aeroporto de Congonhas esta tarde. 

Com custos em alta e resultados negativos, as companhias argumentam que não têm condições de dar aumentos expressivos aos trabalhadores este ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.