Aeronautas e ministro discutem crise no setor aéreo

O Sindicato Nacional dos Aeronautas vai se reunir ao meio-dia com o ministro da Defesa, José Viegas, para tratar da crise do setor de aviação. O Sindicato, segundo nota divulgada por sua assessoria de imprensa, vai cobrar do governo um compromisso com a manutenção dos empregos nas empresas Varig e TAM, que estão negociando as condições para uma futura fusão. "O sindicato é favorável à fusão entre a Varig e a TAM desde que cessem as demissões no setor que, só no ano passado, eliminaram 1,2 mil empregos de pilotos, comissários e aeroviários das duas empresas. A TAM demitiu 520 no final do ano e 680 trabalhadores perderam os seus empregos na Varig ao longo do ano", afirma a nota do sindicato. A entidade pretende apresentar também, no encontro de hoje com o ministro, propostas para o governo tomar medidas que tornem as tarifas mais baratas e massifiquem o transporte aéreo no País.O sindicato quer discutir também a criação da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC), que deve substituir o atual Departamento de Aviação Civil (DAC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.