Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Aeroviários e aeronautas ameaçam entrar em greve dia 23

Impasse nas negociações de reajuste salarial com as aéreas motivou aprovação de ‘indicativo de paralisação’

Reuters,

15 de dezembro de 2010 | 09h10

Trabalhadores de companhias aéreas do país decidiram no final da terça-feira entrar em estado de greve diante de impasse nas negociações de reajuste salarial com as empresas.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (Fentac), filiada à CUT, além do estado de greve, os trabalhadores aprovaram em assembleias indicativo de paralisação no próximo dia 23.

Os aeroviários aprovaram mudança na proposta de reajuste salarial de 15% para 13% e mantêm exigência de alta de 30% no piso. Já os aeronautas cobram índice de reajuste de 15%, segundo a Fentac.

Uma nova rodada de negociação com as empresas acontece nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro. "As entidades sindicais que representam os trabalhadores esperam que as empresas apresentem nova proposta nesta reunião", afirma a Fentac em comunicado à imprensa. (Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
saeroviáriosaeronautasgrevefentac

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.