África do Sul abre mercado para carne bovina brasileira

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, afirmou hoje, durante entrevista coletiva sobre a safra de grãos 2009/2010, que recebeu um comunicado do Ministério da Agricultura da África do Sul anunciando a abertura de seu mercado para a carne bovina brasileira. "A ministra da África do Sul acaba de comunicar que abriu as compras de carne bovina. Agora falta só o Japão, no caso de suínos, entre os grandes mercados", comemorou Stephanes.

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

09 de fevereiro de 2010 | 13h35

Em novembro, os governos dos dois países firmaram um acordo para tentar solucionar problemas comerciais que travavam as exportações e importações de mercadorias entre as duas nações. Os sul-africanos ainda alegam questões fitossanitárias para vetar a entrada de carne de porco do Brasil, embora as autoridades brasileiras afirmem que o produto obedeça a todas as regras internacionais e que não haja razões para a proibição.

O Brasil vende para a África do Sul carne de frango, chassis e motores de veículos, carrocerias, açúcar refinado e autopeças, entre outros itens. Já os principais produtos comprados dos sul-africanos são hulhas (carvão), motores para veículos automóveis, ferro-ligas e produtos laminados planos de ferro ou aço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.