Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

África do Sul passa a ser o quinto membro do grupo

O grupo político criado em 2005 por Brasil, Rússia, Índia e China, a partir do acrônimo inventado pelo banco Goldman Sachs quatro anos antes, ganhou um novo membro permanente: a África do Sul. O acordo para inclusão da maior economia da África foi formalizado ontem, em Paris. "A África do Sul passou a se incorporar aos Brics. Agora somos cinco", informou o ministro brasileiro da Fazenda, Guido Mantega. "A África do Sul é um país importante da África. Portanto, o grupo está sendo reforçado e terá mais representatividade.

, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.