Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Agco vai dobrar investimentos no Brasil

A americana Agco, maior fabricante de tratores do mundo e dona das marcas Valtra e Massey Fergusson, planeja dobrar os investimentos no Brasil. Nos três próximos anos, a companhia vai aplicar US$ 150 milhões, com desembolsos de US$ 50 milhões a cada ano. Em 2007, a empresa investiu US$ 25 milhões no País."Estamos bem otimistas com o Brasil", disse ontem o presidente mundial da companhia, Martin Richenhagen, em visita à filial brasileira. Segundo ele, essa cifra inclui gastos com uma nova fábrica para produção de tratores agrícolas no Mato Grosso. Ele não revelou onde a unidade será instalada nem a capacidade de produção.Richenhagen destacou, no entanto, que a dificuldade de infra-estrutura de acesso aos produtores dessa região, associada ao grande potencial agrícola, fizeram a empresa optar por erguer uma fábrica no Estado. O projeto é antigo e chegou a ser adiado com a crise do agronegócio. Mas, com a recuperação do setor, ele voltou ser prioritário para companhia.André Carioba, vice-presidente para América do Sul, disse que o grupo acaba de adquirir a propriedade intelectual de uma colhedora de cana-de-açúcar. O protótipo foi desenvolvido por um técnico brasileiro atendendo às necessidades das usinas. A nova máquina deverá ser lançada em dois anos. Será fabricada no País, provavelmente numa nova unidade da companhia. Neste ano, o mercado total de colhedoras de cana já soma 650 unidades. Carioba calcula que as vendas no mercado doméstico podem atingir 800 unidades.

Márcia De Chiara, O Estadao de S.Paulo

28 de novembro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.