Agência canadense eleva Brasil a grau de investimento

A agência canadense DBRS elevou a nota (rating) da dívida estrangeira de longo prazo e da dívida em moeda local do Brasil de "BB(baixo)" para "BBB(alto)", conferindo ao País status de grau de investimento. Em 30 de abril, a agência de classificação americana Standard & Poor''s já havia elevado a dívida soberana do Brasil para "BBB-", tornando-se a primeira entre as três mais importantes do mundo (grupo que inclui ainda Moody''s e Fitch) a conferir ao Brasil o status grau de investimento.Em seu website, a DBRS descreve-se como agência privada e independente. A classificação de risco é uma ferramenta usada pelos investidores estrangeiros na hora de decidir em que país irão colocar suas aplicações. Ela reflete o risco que um país tem de não honrar o pagamento de seus títulos. Quanto melhor é a avaliação, menor é o risco e, portanto, maior é a capacidade do país de atrair investimentos.A partir de um determinado patamar de classificação de risco o país é considerado "grau de investimento". Ou seja, o risco de calote é muito baixo. Muitos fundos de investimento estrangeiro direcionam recursos apenas para países que têm esta classificação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.