coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Agência de notícias divulga obituário de George Soros, que continua vivo

Assessoria de imprensa do bilionário húngaro divulgou nota esclarecendo que ele não morreu

Leandro Modé, do Estadão,

18 de abril de 2013 | 20h16

SÃO PAULO - A agência de notícias Reuters publicou equivocadamente uma reportagem na tarde desta quinta-feira em que informa que o bilionário George Soros havia morrido. O texto mostra que a agência colocou no ar por engano o obituário do megainvestidor de origem húngara. A data da 'morte' e a idade estavam preenchidos com X.

 

"George Soros, que morreu XXX com XXX anos, foi um predador e altamente bem sucedido financista e investidor, que, paradoxalmente, criticou por anos o capitalismo de livre mercado que permitiu a ele acumular bilhões", dizia o texto.

Cerca de uma hora depois da divulgação do texto, a assessoria de imprensa de Soros divulgou um comunicado informando que ele "está vivo e bem".

Pelo twitter, a agência Reuters reconheceu o erro. "A Reuters publicou um obituário de George Soros por engano. A Reuters retirou do ar o texto assim que ele apareceu", afirmou a nota.

Tudo o que sabemos sobre:
georgesorosreutersobituário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.