Agência de risco eleva perspectiva de empresas brasileiras

A agência de classificação de risco norte-americana Fitch Ratings elevou, de estável para positiva, a perspectiva da classificação em moeda estrangeira de 14 companhias brasileiras.Elas têm nota "B" em moeda estrangeira.A revisão, segundo a agência, reflete os sinais de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguirá um consenso sobre a política econômica que colocará as finanças públicas e externas do Brasil num caminho sustentável. O anúncio se segue à recente revisão da perspectiva, também para positiva da dívida externa da República Federativa do Brasil.As empresas que tiveram aumenta a perspectiva são Alcoa, Aracruz, AmBev, Companhia Petrolífera Marlin, CST, CSN, MRS Logística, Petrobras, Ripasa, Sadia, Samarco Mineração, Tele Norte Leste Participações, Telemar Norte Leste e Trikem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.