Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Agência reguladora dos EUA fecha banco Colonial

Ativos foram comprados pelo BB&T; é a 74ª falência de uma instituição financeira dos EUA neste ano.

BBC Brasil, BBC

14 de agosto de 2009 | 23h21

O banco americano Colonial, um dos mais afetados pela crise hipotecária nos Estados Unidos, foi fechado nesta sexta-feira por agências reguladoras financeiras.

A quebra do Colonial é a 74ª falência de uma instituição financeira americana desde o início de 2009 e está considerada a maior quebra bancária desde janeiro de 2009.

Em um comunicado, a agência reguladora Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC), que garante os depósitos bancários do país, afirmou que a maioria dos ativos do banco - avaliados em US$ 25 bilhões - foram comprados pelo banco BB&T.

Segundo a FDIC, as 346 agências do banco reabrirão neste sábado e operarão como agências do BB&T.

A reguladora afirmou ainda que os depósitos serão garantidos pela FDIC.

O Colonial possuía U$ 25 bilhões em ativos e outros US$ 20 bilhões em depósitos. O grupo BT&T comprou US$ 22 bilhões em ativos e o restante ficará com o FDIC.

A agência anunciou ainda a quebra de outra instituição bancária, a financeira Dwelling House Savings and Loan Association, de Pittsburgh.

Analistas afirmam que outros 200 bancos americanos podem anunciar a falência nos próximos meses, o que poderia desacelerar a recuperação da economia dos EUA.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
estados unidoscolonialbancobb

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.