Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Agência reitera ratings de companhias brasileiras

A agência de classificação de risco de crédito Fitch Ratings reiterou os ratings de moeda local atribuídos a diversas corporações brasileiras e retirou-os de observação negativa. A agência atribuiu perspectiva estável a companhias do setor industrial e negativa para as telecomunicações por conta dos níveis de risco regulatorial mais altos.A agência informou em comunicado que a decisão é resultado da melhoria das condições econômicas e políticas do Brasil. No dia 10 de março deste ano, a Fitch revisou a perspectiva sobre os ratings soberanos do Brasil de negativa para estável, refletindo uma recuperação do desempenho do comércio internacional e os sinais de que o novo governo está comprometido com as políticas econômicas que podem colocar as finanças públicas e externas do País num caminho sustentável."As corporações brasileiras estão se beneficiando da melhoria do cenário soberano. Muitas das companhias terminaram o ano com um desempenho financeiro sólido, apesar do ambiente operacional desafiador?, diz o comunicado. ?Muitas delas, com exceção das telecomunicações, geraram moeda forte a partir de exportações e a posição de seus negócios melhorou modestamente por causa da desvalorização do real.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.