Agência Standard & Poor's rebaixa 11 bancos dos EUA e Europa

Grandes bancos tiveram a classificação de risco cortada por conta do aprofundamento da recessão econômica

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

19 de dezembro de 2008 | 11h25

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou 11 bancos da Europa e dos EUA devido a pressões significativas sobre o desempenho futuro destas instituições financeiras por conta do aprofundamento da recessão econômica mundial. Os bancos que tiveram a classificação rebaixada foram Bank of America, Barclays, Citigroup, Credit Suisse, Deutsche Bank, JPMorgan Chase, Morgan Stanley, Royal Bank of Scotland, UBS, Wells Fargo e Goldman Sachs. Nenhuma das instituições ficou com avaliação menor do que "A".  A S&P também alterou a perspectiva de rating do HSBC Holdings para negativa, indicando que pode reduzir a classificação de risco da instituição, mas reafirmou o rating "AA" do banco. O Goldman a as unidades bancárias do Bank of America, Barclays, JPMorgan, Morgan Stanley e Wells Fargo também receberam perspectiva de rating negativa. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.