Agências de risco rebaixam Casino; ações fecham em queda

A bolsa de Paris fechou hoje em alta de 0,80%. Na França, por causa do feriado amanhã, a liquidez (volume de negócios) foi reduzida e deverá continuar assim até o final da semana. Apesar do feriado, a bolsa irá funcionar. As ações da Casino - empresa francesa que anunciou hoje o aumento de sua participação no grupo Pão de Açúcar, de 24% para 50% do total do capital - fecharam em baixa de 1,20%. Com isso, a Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar) será a principal operação internacional da empresa francesa. O mercado francês não recebeu bem o anúncio. As agências de classificação de risco de crédito Fitch e Standard & Poor´s colocaram os ratings (notas de classificação) da Casino em observação e perspectiva negativas, respectivamente."Eu acho que a notícia é ruim para a Casino - significa mais dívida, sem o controle completo", disse um analista. "A aquisição da CBD vai enfraquecer o perfil financeiro já alavancado da Casino", segundo o analista de crédito Nicolas Baudouin, da S&P. As informações são da Dow Jones.No Brasil, as ações preferenciais (PN, sem direito a voto) do Pão de Açúcar reagiram em alta ao anúncio. Subiam 6,35% às 14h11 (horário de Brasília), após 151 negócios. O Pão de Açúcar teve lucro líquido de R$ 57,7 milhões no trimestre, crescimento de 106,9% ante igual período de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.