'Agora, tudo virou lavagem de dinheiro'

"Isso é um absurdo, (Luiz Sandoval) possui os bens desde muito antes de toda a questão do Panamericano", reagiu o criminalista Alberto Zacharias Toron, que defende o ex-braço direito de Silvio Santos. "Como (Sandoval) está com as contas congeladas, para viver, de alguma maneira, ele pode dispor de algum bem. Faz tudo às claras."

O Estado de S.Paulo

21 de outubro de 2011 | 03h05

Para Toron, "agora virou moda dizer que tudo é lavagem de dinheiro". O advogado disse que muito antes de a PF pedir a prisão de Sandoval, ele solicitou a presença do MPF nas audiências. A advogada Elizabeth Queijo disse que só vai se manifestar depois que seu cliente, Rafael Palladino depor à PF. / F.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.