Agricultores bloqueiam agências bancárias em SP

Agricultores do interior de São Paulo bloquearam na manhã desta quinta-feira a entrada de mais de 20 agências bancárias nas cidades de Birigüi, Guararapes e Coroados, na região Noroeste do Estado, em protesto contra a política agrícola do governo. Os acessos aos caixas eletrônicas e agências amanheceram fechados por tratores, máquinas agrícolas e sacas de milho. Os produtores, que até a última quarta-feira bloqueavam rodovias da região, passam agora a agir nas cidades "para alertar a população sobre a crise no campo". Líderes do protesto dizem que o movimento deverá se ampliar para outras cidades no decorrer do dia. Tumulto Enquanto os agricultores de São Paulo bloqueavam a entrada de pessoas nos bancos do interior, membros da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) faziam uma manifestação em frente ao Ministério da Fazenda, como parte do movimento "Grito da Terra". Por volta das 10 horas houve um pequeno tumulto - já controlado - entre policiais e trabalhadores que tentaram entrar no prédio. O manifestantes jogaram contra os policiais grãos de milho e laranjas. Este texto foi atualizado às 10h42.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.