Agricultores terão mais 30 dias sem cobrança de IR maior

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, informou hoje que foi prorrogado por um período de 30 dias a entrada em vigor do artigo 6º da medida provisória 232, que trata da tributação sobre vendas de produtos e insumos agrícolas. A MP entraria em vigor no dia 1º de fevereiro, mas Rodrigues articulou junto à Casa Civil a prorrogação do prazo para 1º de março.A MP prevê o recolhimento de Importo de Renda de 1,5% sobre as operações de vendas de produtos e insumos agrícolas. Rodrigues, que está hoje à tarde no Paraná, no município de Marechal Cândido Rondon, confirmou a prorrogação em entrevista por telefone.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.