coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Agrishow desacelera venda de máquinas

Com a expectativa de aumentar em 15% o volume de negócios gerados no ano passado, chegando a R$ 1 bilhão, a Agrishow, que tem sua nona edição este ano em Ribeirão Preto, está paralisando as vendas do setor de máquinas, informou o presidente da feira, Sérgio Magalhães. Segundo ele, a maior parte das empresas do setor está aconselhando seus clientes a esperar pela feira para fazer aquisições, porque devem ser reservados para o evento "preços especiais" e descontos. "A feira é a grande alavanca para o Moderfrota", disse Magalhães. O evento que acontece entre os dias 29 de abril e 4 de maio recebe 450 expositores, dos quais 60 internacionais, numa área de 185 mil metros quadrados. Para este ano também foi mantido o número de demonstrações dinâmicas de máquinas e equipamentos em uma área de 220 hectares de plantações e pastagens.A Agrishow de Ribeirão Preto é considerada a maior feira de tecnologia agrícola da América Latina, e está entre os três principais eventos do gênero no mundo, ao lado da norte-americana Farm, e da ExpoChácara argentina. A expectativa é de que o evento receba 140 mil pessoas.

Agencia Estado,

27 de março de 2002 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.