Agronegócio representa 50% do PIB da Região Sul

A Região Sul aumentou sua participação no agronegócio brasileiro nos últimos cinco anos. Hoje o agronegócio é responsável por 50% do PIB da região. No ano passado o Estado do Paraná reassumiu a dianteira na produção de grãos do País enquanto o Rio Grande do Sul se manteve como líder absoluto na produção de fumo e se destacou na produção de arroz irrigado. O setor agroindustrial de Santa Catarina, fortemente integrado, vem atraindo mais investimentos.

, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2010 | 00h00

Para debater as oportunidades de investimento no Sul do País o Caderno de Economia & Negócios do Estadão promove no próximo dia 25, em São Paulo, o Fórum Estadão Regiões/Sul. O evento será aberto pelo ministro Paulo Passos, dos Transportes,

Participam como palestrantes Marcelo Perrupato, secretário nacional de Política dos Transportes, Rodrigo Loures, presidente da Federação das Indústrias do Paraná, Bernardo Hees, presidente da ALL e Belmiro Valverde, professor da PUC Paraná. No segundo painel estarão Wagner Salaverry, sócio do Banco Geração Futuro , José Roberto Ricken, diretor do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná, Fernando Adauto Loureiro de Souza, diretor da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul e José Paulo Cairoli, presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil. O fórum terá dois painéis: "Como abrir passagem para o crescimento regional" e "Oportunidades de investimento na região". Os debates serão mediados pelo jornalista João Caminoto, editor do site Economia&Negócios do Estadão.

O ciclo de debates sobre a tendência de desenvolvimento regional pós-crise começou no ano passado com as Regiões Norte e Nordeste e continuou em maio com a região Centro-Oeste. Como nos fóruns anteriores, os internautas poderão enviar perguntas pelo e-mail debate@estadao.com.br. As inscrições são gratuitas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.