"Aí vem um pacote das maldades depois da eleição", diz Afif

O presidente da Associação Comercial de São Paulo, Guilherme Afif Domingos prevê que com o aumento na taxa Selic "o Copom sinalizou que depois da eleição o governo deverá soltar um pacote de maldades". Para ele, num momento em que a inflação dá sinais de queda tudo indica que o governo está se antecipando às pressões de custos que poderão ser geradas com um aumento nos preços da gasolina e diesel "bem acima do que se espera". "Deve ser chumbo grosso mesmo", insistiu Guilherme Afif Domingos. Segundo ele, "a decisão do Copom deverá reverter as expectativas de vendas, já que as compras à prazo têm sido o carro chefe do crescimento econômico".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.