finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

AIE: menos de 1% do uso do petróleo saiu do mercado

A Agência Internacional de Energia (AIE) estima, com base em informes do setor, que entre 500 mil e 750 mil barris por dia de petróleo, ou menos de 1% do consumo global diário, foram removidos do mercado no momento. A agência diz que pode compensar adequadamente uma potencial queda na oferta, afirmando que está preparada para liberar seus estoques de emergência, que são suficientes para cobrir 145 dias de importações de seus países-membros.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2011 | 15h58

"Coletivamente, os membros da AIE têm 1,6 bilhão de barris em estoques de petróleo de emergência à sua disposição", afirmou a agência, em comunicado depois da reunião ordinária trimestral, na qual o comitê diretor discutiu os acontecimentos no mercado de petróleo global.

A AIE não detalhou as razões da queda na oferta de petróleo. Hoje, os países europeus que importam petróleo da Líbia disseram que há petróleo suficiente nos mercados para compensar a perda da produção líbia provocada pelos distúrbios violentos no país. "A AIE e seus países membros continuam a monitorar a situação de perto", acrescenta o comunicado.

A agência disse também que está em contato com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e grandes países produtores. "A AIE ressalta os informes sobre a disposição deles de recorrer à capacidade ociosa para garantir a oferta adicional, se necessário", diz o comunicado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleobarrilconsumoAIELíbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.