Air Canada anuncia lucro líquido US$ 79,73 mi no 3º trimestre

A Air Canada, maior companhia aérea canadense, anunciou um lucro líquido de 125 milhões de dólares canadenses (US$ 79,73 milhões), ou 0,91 dólar canadense por ação (US$ 0,58), comparado com um prejuízo líquido de 903 milhões de dólares canadenses (US$ 575,97 milhões), ou 7,51 dólares canadense por ação (US$ 4,79) de igual período do ano passado. Mesmo excluindo os itens extraordinários, a companhia registrou um lucro de 37 milhões de dólares canadenses (US$ 23,60 milhões), de um prejuízo de 447 milhões de dólares canadenses (US$ 285,1 milhões) do terceiro trimestre de 2001. Entre as suas concorrentes, a Air Canada foi a operadora que registrou os melhores resultados trimestrais. Representantes da companhia disseram que os controles de custos e a melhoria em eficiências ajudaram a impulsionar os lucros e rendimentos. O tráfego de passageiros consolidados subiu 4% no trimestre, enquanto a receita com passageiros por assento disponível cresceu 5%. O executivo-chefe, Robert Milton, disse que não está demasiadamente preocupado com o risco de guerra com o Iraque, mas tanto ele quanto o principal executivo financeiro, Rob Peterson, disseram a analistas em teleconferência que taxas relacionadas ao uso de aeroportos e segurança tiveram um impacto grave sobre rotas de curta distância. "Estamos numa situação em que um segmento significativo dos negócios está sofrendo impacto", disse Milton. O aumento das checagens de segurança nos aeroportos e a opção de muitos clientes por trocar os aviões por trens e carros em viagens de curta distância faz com que as pequenas rotas se tornem cada vez menos lucrativas, acrescentou o executivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.