Airbus e Boeing disputam até o atraso

A fabricante americana de aviões Boeing e a européia Airbus andam disputando quem atrasa mais os projetos da nova geração de superjatos. Ontem, a Boeing anunciou o adiamento da entrega do primeiro Dreamliner 787, para novembro ou dezembro de 2008. A previsão era para maio de 2008. A causa, diz a companhia, ''''são as contínuas dificuldades de montagem dos primeiros aviões''''. O modelo 787 já tem 706 encomendas. Logo após o anúncio, as ações da Boeing caíram 3,1%. A Airbus acumula vários adiamentos na entrega dos projetos do A380 e do A350.

O Estadao de S.Paulo

11 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.