Airbus fecha 2006 com prejuízo de mais de US$ 700 mi

A fabricante de aviões européia Airbus fechou 2006 com um prejuízo líquido de ? 572 milhões (US$ 740 milhões). Foi a primeira vez que a empresa registrou uma perda anual desde que começou a operar, em 1970. Em 2005, a companhia havia registrado um lucro de ? 2,3 bilhões (US$ 2,9 bilhões).O resultado acabou afetando negativamente também os números da EADS, controladora da Airbus, que saiu de um lucro também de ? 2,3 bilhões no ano retrasado para um ganho de apenas ? 99 milhões (US$ 128 milhões) no ano passado.Os co-presidentes executivos da EADS, Tom Enders e Louis Gallois, destacaram em um comunicado a necessidade urgente de aplicação do Power8 - o plano de reestruturação que prevê corte de 10 mil empregos na Airbus."Precisaremos de tempo, mas o Power8 permitirá à Airbus ser muito melhor integrada e mais eficaz", afirmaram.As perdas da Airbus se explicam essencialmente pelo impacto financeiro dos atrasos do programa do superjumbo A380, que teve durante dois anos graves dificuldades de concepção.A fatura do projeto custou ao grupo ? 2,5 bilhões (US$ 3,25 bilhões). A Airbus também sofreu um prejuízo imprevisto de ? 500 milhões (US$ 650 milhões) relacionado ao novo avião de longa distância, o A350.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.