Airbus vê dificuldade para cumprir meta

A Airbus disse ontem que será difícil atingir a meta de receber 300 encomendas de aeronaves este ano. Até o momento, a fabricante recebeu apenas 30 encomendas. Apesar disso, seu diretor operacional, John Leahy, não alterou a meta. "Prevemos aumento da atividade econômica para o segundo semestre. Ainda me atenho ao número de 300 como um objetivo difícil para as encomendas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.