Ajuda aos pobres

US$ 15 bilhões poderiam ser arrecadados pelas grandes nações caso usassem 1% de seus planos de estímulo econômico para ajudar os países pobres, contabiliza o presidente do Banco Mundial, Roberto Zoellick, que estava ontem em Bruxelas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.