Alckmin aguarda queda acentuada da Selic

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin PSDB, espera que o Banco Central reduza, e muito, a taxa básica de juros na reunião do Copom nesta semana. Ao chegar para a o evento de inauguração de ampliação da unidade da Votorantim Celulose e Papel, na cidade de Jacareí, o governador disse: "É preciso que os juros caiam bastante. Precisa ter coragem para mexer nisso." Segundo o governador, é fundamental que a área econômica do governo não perca a oportunidade de baixar os juros. Para ele, se a recessão se aprofundar, a política monetária não será suficiente para retomar as atividades econômicas.Geraldo Alckmin também acredita que será muito difícil o governo atingir um grande crescimento este ano. No seu entender, isso deverá ocorrer a partir de 2004.O governador de São Paulo, disse, ainda, que é necessário a construção de um esforço mínimo para aprovar a reforma tributária. " Alguma coisa (da reforma tributária) deve sair este ano, até por conta do principio da anualidade, pois se não sair, teremos graves problemas fiscais, tais como com a CPMF".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.