Alckmin anuncia amanhã redução de ICMS para acessórios de couro

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vai anunciar amanhã, durante a abertura da Feira de Calçados, Acessórios de Moda, Máquinas e Componentes (Francal), em São Paulo, a redução no ICMS para acessórios de couro, como bolsas e cintos, de 18% para 12%. O governador não quis detalhar a proposta, mas admitiu que o modelo deverá seguir para o sistema utilizado para o setor calçadista, que também teve redução da alíquota de 18% para 12%, mas limitada somente ao setor industrial, ou seja, não atingindo o consumidor."O que temos feito, preservando a Lei de Responsabilidade Fiscal, é reduzir o ICMS da indústria para dar competitividade à indústria paulista", informou.Alckmin esclareceu que, dentro de São Paulo, o ICMS era de 18%, mas quando o produto chegava a São Paulo procedente de outro Estado, a alíquota interestadual era de 12%. Portanto, a indústria paulista sofria dificuldades na concorrência com outros Estados."Estamos fazendo uma equiparação (com a alíquota interestadual) para a indústria, mas não reduzimos para o varejo e, na realidade, se não houver sonegação fiscal na ponta de venda, não perderemos arrecadação porque conseguiremos arrecadar no valor agregado", reforçou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.