Alckmin critica política de juro e câmbio

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), fez hoje uma crítica à política econômica do governo federal (PT). Ao ser questionado sobre a arrecadação de impostos em janeiro no Estado, Alckmin declarou que o número de janeiro aumentou. "A arrecadação do ICMS ficou acima do orçamento, mas não tenho os números ainda", disse. Em seguida, ele se mostrou preocupado com a arrecadação a médio prazo e com o crescimento da economia. "Estamos cautelosos, porque essa política de câmbio baixo e juro alto, a médio prazo, vai ter um impacto no mercado interno e diminuirá as exportações", disse. "A partir do meio do ano, poderemos ter um menor crescimento da economia", completou. O governador e o prefeito da capital paulista, José Serra (PSDB), participaram hoje da inauguração do Ambulatório de Especialidades Geraldo Bourroul, na Rua Martins Fontes, no centro de São Paulo.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2005 | 15h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.