Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Alckmin diz que megaleilão de energia foi negativo para Cesp

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, criticou duramente hoje os reflexos do megaleilão de energia na Companhia Energética de São Paulo (Cesp), que possui um endividamento de cerca de US$ 6,5 bilhões. Apesar de a ministra das Minas e Energia, Dilma Rousseff, ter considerado o leilão um sucesso, o governador tucano ressaltou: "É evidente que o megaleilão foi negativo para a Cesp, porque estávamos vendendo energia a mais de R$ 70/MWh, e passamos a vender por R$ 62/MWh. Além disso, outra parte sequer foi vendida por causa do preço (700 megawatts) e está sobrando energia."Segundo o governador, empresas como a Companhia Energética de São Paulo estavam fazendo um enorme esforço para se equilibrar financeiramente e equacionar seu plano de dívida. No seu entender, após o leilão, essas empresas deverão encontrar muito mais dificuldades. Isso porque a receita será menor (por conta do preço da energia estar abaixo do esperado) e porque as empresas não conseguirão vender parte de sua energia."A situação da Cesp é grave e vamos ter de buscar uma solução (para equacionar o problema do endividamento da empresa)", disse o governador de São Paulo. E reclamou: "Quem está gostando disso são as distribuidoras privadas, pois as geradoras estatais ficaram com o prejuízo."O governador ressaltou, ainda, que as geradoras de energia ficarão sem capacidade de investimento e classificou essa realidade como "um fato concreto e preocupante. Para exemplificar o que está ocorrendo neste mercado, Alckmin disse que, no ano de 2001, a geradora AES Tietê havia vendido energia para uma de suas próprias empresas (distribuidoras) a R$ 120 MWh. "E hoje, empresas estatais, como a Cesp, estão vendendo a cerca de R$ 60 MWh", complementou.

Agencia Estado,

09 de dezembro de 2004 | 14h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Será que o Pix é seguro? Veja dicas de especialistas
  • 13º salário: quem tem direito, datas e como a pandemia pode afetar o cálculo
  • Renda básica: o que é, quais os objetivos e efeitos e onde é aplicada

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.