Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Álcool ficou 2,86% mais barato na semana passada

O litro do álcool ficou 2,86% mais barato na semana encerrada dia 27 de maio, tomando como base o período de sete dias finalizado no dia 20 do mesmo mês. O dado, divulgado nesta segunda-feira pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), mostrou que a média do litro comercializado no País foi de R$ 1,695, contra R$ 1,745 do período anterior.A maior queda foi apresentada em Tocantins, de R$ 0,108. No Estado, o litro passou de R$ 2,328 para R$ 2,220. Na contramão da tendência nacional, Paraíba e Roraima passaram a cobrar mais pelo litro na passagem das duas semanas. O custo passou de R$ 1,956 para R$ 1,975; e de R$ 2,300 para R$ 2,322; respectivamente.São Paulo vende o produto ao menor preço, R$ 1,358, seguido por Goiás, com R$ 1,595; Paraná, com R$ 1,602; e Bahia, com R$ 1,918. Já os Estados onde são cobrados os maiores valores pelo litro são Pará, aos R$ 2,451; Acre, aos R$ 2,400; Rio Grande do Sul, aos R$ 2,372; e Tocantins, aos R$ 2,220.Desde a semana encerrada em 6 de maio, quando o produto era vendido a R$ 1,896, o custo já caiu 10,60%.Gasolina Enquanto isso, a gasolina permaneceu praticamente estável na passagem entre as duas semanas: de R$ 2,569 para R$ 2,560. São Paulo, novamente, é o Estado com o menor preço cobrado ao consumidor: R$ 2,421, seguido por Minas Gerais, com R$ 2,429; Piauí, com R$ 2,490; e Ceará, com R$ 2,544. O combustível é mais caro em Roraima (R$ 2,975), Mato Grosso (R$ 2,960); Acre (R$ 2,951) e Tocantins (R$ 2,788).

Agencia Estado,

29 de maio de 2006 | 15h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.