Aldo diz que Câmara avaliará conteúdo do PAC

O presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PC do B-SP), afirmou que a Câmara aprovará todas as medidas que forem boas para o País. Ele referiu-se ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) anunciado nesta segunda-feira pelo governo. "O que for bom para o País e para a população tenha certeza de que a Câmara aprovará", disse. Aldo afirmou que pretende ouvir os governadores, prefeitos e trabalhadores sobre o conteúdo de cada uma das medidas. "A Câmara examinará tudo o que é benéfico para o crescimento do País, mas ao mesmo tempo examinará com independência e com o propósito de aperfeiçoar", disse. Ele considerou ser natural que o programa entre agora numa nova etapa depois de anunciado pelo Executivo. Aldo entende que a disputa para a presidência da Câmara não cria qualquer obstáculo para a aprovação das propostas porque, segundo ele, a eleição já é prevista no calendário e se trata de um disputa em ambiente democrático e respeitoso. Ele lembrou que no Legislativo as propostas são movidas pela força da maioria e que dependem da vontade política desse grupo. No entanto, políticos da base governista avaliaram que a indefinição da reforma ministerial e o complicado processo de sucessão à presidência da Câmara podem retardar a aprovação de diversas medidas do PAC, sobretudo as polêmicas. Para viabilizar o programa, o Executivo enviou ao Congresso um conjunto de sete medidas provisórias, quatro projetos de lei e um projeto de lei complementar. Com Reuters

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.