Alemanha confirma pacote anticrise de até 500 bi de euros

Primeira-ministra alerta que governo pode não conseguir equilibrar as contas do Orçamento até 2011

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

13 de outubro de 2008 | 11h59

A primeira-ministra alemã, Angela Merkel, divulgou nesta segunda-feira, 13, os detalhes de um plano de 500 bilhões de euros (US$ 680 bilhões) que tem como objetivo descongelar o mercado de empréstimos interbancários e restaurar a confiança no sistema financeiro. O plano inclui até 80 bilhões de euros em recurso disponível para recapitalização e 400 bilhões de euros em garantias oferecidas aos bancos, segundo Merkel.   Veja também: Após decisão da UE, diversos países anunciam ações anticrise França anuncia plano de resgate de até 360 bi de euros Em meio à crise, empresas têm que pagar US$ 15 bi ao exterior Europa vai garantir dívidas bancárias por até 5 anos Reino Unido vai resgatar seus 4 maiores bancos, diz jornal Como o mundo reage à crise  Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a crise Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira    O governo também separou uma provisão de 5% para perdas sofridas por instituições financeiras. Merkel alertou que o governo pode não conseguir equilibrar o orçamento até 2011.   Neste final de semana, líderes europeus concordaram em adotar um plano que injetará bilhões de euros nos bancos do continente, numa tentativa de restaurar a confiança no sistema financeiro.   Seguindo as linhas gerais de um plano de resgate anunciado na última semana pelo governo britânico, os países europeus da chamada zona do euro comprometeram-se em garantir os empréstimos bancários por até cinco anos.   (com agências internacionais)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.