Alemanha e França tentam solução conjunta para Grécia

Os ministros de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, e da França, Pierre Moscovici, afirmaram hoje que tem uma visão comum sobre a Europa e estão trabalhando juntos para encontrar uma solução para a Grécia, além do processo de implementação de uma união bancária na zona do euro.

AE, Agencia Estado

30 Outubro 2012 | 14h53

"Nós estamos fazendo tudo o que Alemanha e França podem fazer para restaurar a confiança e a estabilidade na zona do euro", disse Schäuble. Já Moscovici afirmou que os dois países querem manter a Grécia no bloco monetário e estão adotando esforços para criar uma solução abrangente, que deve estar pronta em novembro.

O ministro francês disse que pode entender se a Alemanha se opuser a algumas propostas, como por exemplo um compartilhamento de dívida, por meio da emissão de um bônus conjunto da zona do euro (eurobônus). Já Schäuble respondeu que os eurobônus só poderiam ser emitidos após a adoção de uma política financeira comum no bloco, e "nós podemos começar com a gestão de dívida".

Moscovici afirmou ainda que a melhora da governança, no médio prazo, e o aumento da integração política, no longo prazo, são objetivos comuns de Alemanha e França. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Alemanha França Grécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.