Alemanha está 'à beira da recessão', dizem institutos

Relatório prevê crescimento de apenas 0,2% para 2009; confiança do investidor cai.

Da BBC Brasil, BBC

14 Outubro 2008 | 10h33

A Alemanha está à beira da recessão e só crescerá 0,2% em 2009, segundo os principais centros de pesquisa econômica do país.De acordo com esses grupos, o setor de exportação pode ser tão afetado pela atual crise financeira quanto o setor financeiro."A economia alemã se encontra, no outono de 2008, à beira da recessão", diz o relatório preparado por quatro institutos - Ifo de Munique, IfW de Kiel, RWI de Essen e IWH de Halle. O documento afirma que se o setor bancário se estabilizar, a economia pode se recuperar apenas a partir de meados de 2009.Uma outra pesquisa revelou que o nível de confiança do investidor alemão também caiu.O chamado índice de confiança, preparado pelo instituto de pesquisa ZEW, caiu de menos 41 pontos registrados em setembro para menos 63 pontos registrados neste mês.'Choques negativos'O relatório econômico preparado pelos quatro institutos manteve a previsão original de crescimento de 1,8% para 2008, comparado com 2,5% em 2007.No entanto, o estudo previu um crescimento de apenas 0,2% para 2009 e acrescentou que, no pior cenário, a economia poderia encolher 0,8%."Um número de choques negativos de fora da Alemanha já tinham prejudicado o clima econômico. Mas os desenvolvimentos dramáticos no setor financeiro levaram a perspectivas ainda piores", afirma o relatório.Na quinta-feira, a Alemanha deve reduzir a sua previsão oficial de crescimento.O relatório elogiou o plano de resgate de bilhões de euros anunciado pela chanceler Angela Merkel em um esforço conjunto de países europeus para conter a crise financeira. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
alemanha recessão think tank

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.