Alemanha não deve aprovar acordo da Grécia antes do fim do mês

O Parlamento da Alemanha não deve aprovar a extensão do programa de resgate financeiro antes do seu término, ao fim do mês, disse um legislador da coalizão liderada pela Alemanha neste domingo.

DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

22 Fevereiro 2015 | 10h26

Hans Michelbach, um especialista em Finanças da União Social-Cristã (CSU, na sigla em inglês), disse ao jornal Handelsblatt que é "inconcebível que o Parlamento alemão possa tomar uma decisão final sobre o programa antes do fim de fevereiro". O CSU é um partido-irmão da União Democrata-Cristã da chanceler Angela Merkel, no estado da Baviera.

Os ministros das Finanças da Grécia e outros países da zona do euro concordaram na sexta-feira em uma extensão do programa de resgate para o país endividado, que deve ser aprovado pelos parlamentares dos países que prestam ajuda, entre eles a Grécia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.