Markus Schreiber/AP Photo
Markus Schreiber/AP Photo

Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Alemanha planeja novo pacote de € 22 bilhões

País deve bancar um pacote de auxílio entre janeiro e junho de 2021 para empresas e trabalhadores autônomos afetados pela pandemia de coronavírus

Agências, Reuters

15 de novembro de 2020 | 20h10

A Alemanha deve bancar um pacote de auxílio de € 22 bilhões entre janeiro e junho de 2021 para empresas e trabalhadores autônomos, segundo pessoas próximas ao assunto, conforme os impactos da pandemia de covid-19 se estendem ao próximo ano. 

Em paralelo, o pacote de auxílio deste mês de novembro da Alemanha para compensar empresas afetadas pelas medidas de lockdown chegará a € 14 bilhões, disseram essas fontes. Inicialmente, o governo esperava desembolsar algo em torno de € 10 bilhões.

Os assessores econômicos do governo alemão esperam que a economia encolha menos do que temiam inicialmente este ano, graças a um forte verão, mas uma segunda onda da pandemia de covid-19 está obscurecendo as perspectivas de crescimento para 2021.

Como parte das novas medidas de auxílio, as empresas podem receber até € 200 mil por mês para cobrir custos fixos, como aluguel. Os empreendedores individuais, por sua vez, podem ter acesso a recursos de até € 5 mil.

A Alemanha, a maior economia da Europa, tem poder de fogo fiscal suficiente para adotar mais medidas de resgate e estímulo às empresas, se for necessário combater o impacto da pandemia, afirmou o ministro das Finanças, Olaf Scholz, na última quinta-feira, 12.

O país planeja emprestar mais de € 300 bilhões no total este ano e no próximo, mas precisa considerar cuidadosamente qual medida de auxílio faz sentido, disse Scholz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.