Alemanha prevê maior retração desde a 2ª Guerra

Na Grã-Bretanha, o desemprego atingiu o maior nível em 12 anos.

Da BBC Brasil, BBC

21 de janeiro de 2009 | 10h09

As economias da Alemanha e da Grã-Bretanha divulgaram nesta quarta-feira dados desanimadores sobre as suas economias.Na Alemanha, o governo afirmou que a economia do país deve sofrer em 2009 a maior retração econômica desde o fim da Segunda Guerra Mundial.Na Grã-Bretanha, o desemprego atingiu em novembro o mais alto nível em 12 anos.O governo da Alemanha afirmou nesta quarta-feira que a economia do país deve retrair 2,25% em 2009."Esta retração econômica que nós estamos tendo infelizmente que prever será sem precedentes no período pós-Guerra, é a maior queda na história recente da Alemanha", disse o ministro da Economia da Alemanha, Michael Glos.Ele atribui a previsão de queda à crise financeira global."A economia alemã está enfrentando este ano os maiores desafios desde a unificação (em 1990)", disse o ministro. "A Alemanha está integrada à economia como quase nenhum outro país industrializado." A economia alemã entrou em recessão no terceiro trimestre de 2008.Neste mês, o governo Alemanha lançou um pacote de estímulo à economia de 50 bilhões de euros (cerca de US$ 65 bilhões). O pacote do governo da primeira-ministra Angela Merkel é o maior plano do tipo da história recente da Alemanha, e prevê um aumento nos gastos públicos e de infra-estrutura.Na Grã-Bretanha, o número de desempregados no país cresceu em 131 mil entre os meses de setembro e novembro, e atingiu 1,92 milhões de pessoas - o nível mais alto desde setembro de 1997.O índice não inclui as dezenas de milhares de empregos que foram cortados na Grã-Bretanha desde novembro.O número de pessoas pedindo seguro-desemprego aumentou em 77,9 mil no período, atingindo 1,16 milhões.O índice de desemprego foi de 6,1% entre setembro e novembro, comparado com 5,2% no mesmo período de 2007.O ministro do Emprego britânico, Tony McNulty, disse que os dados são "muito desanimadores" e que a conjuntura "vai piorar, antes de melhorar".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.