Alemanha quer impedir referendo britânico sobre UE

 Referendo poderia inviabilizar o pacote de resgate da zona do euro

Roberto Carlos dos Santos, da Agência Estado,

18 de novembro de 2011 | 07h45

A Alemanha elaborou planos secretos para tentar impedir um referendo britânico sobre a reforma da União Europeia, que poderia inviabilizar o pacote de resgate da zona do euro, revelam documentos vazados obtidos pelo jornal britânico The Daily Telegraph.

A chanceler alemã Angela Merkel planeja dizer ao primeiro-ministro David Cameron que o Reino Unido não precisa de um referendo sobre mudanças na aliança europeia, apesar das exigências do partido conservador local, que quer mais poderes para a Grã-Bretanha no bloco, afirma o jornal.

O memorando que vazou, escrito pelo Ministério do Exterior alemão, também revela planos radicais para a criação de um corpo intrusivo europeu, que seria capaz de assumir as economias com problemas de países da zona do euro.

O texto mostra ainda planos alemães para evitar que outros países do bloco, que são grandes demais para serem socorridos, deem calotes nas suas dívidas. O "Daily Telegraph" diz que os planos da maior economia da Europa para lidar com a crise podem levar ao temor de uma erosão na soberania dos países, com a criação de um "superestado". As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaReino UnidoUnião Europeia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.