Alemanha sediará conferência de regulação de mercados

A Alemanha irá sediar uma conferência para analisar a regulação dos mercados financeiros antes da próxima reunião do G20, o ministro das Finanças Wolfgang Schaeuble afirmou em entrevista a ser publicada neste domingo. "É importante não enfraquecer nossos esforços para assegurar uma melhor regulação", disse ele. Schaeuble afirmou que a conferência será internacional e de alto nível para assegurar que o processo de se regular os mercados não seja interrompido. A próxima reunião do G20 está marcada para o final de junho, em Toronto.

AE, Agencia Estado

23 Janeiro 2010 | 16h53

De acordo com a revista semanal Der Spiegel, a conferência deve ocorrer no final de maio em Berlim, com a participação de ministros de Finanças e autoridades dos bancos centrais dos países do Grupo dos 20 e também de economias emergentes. O ministro também elogiou as recentes decisões do presidente norte-americano Barack Obama em reformar os mercados e bancos. "Os movimentos dos EUA são um bem vindo desenvolvimento", disse.

Schaeuble quer que os países da Europa tomem iniciativas se esforços mais amplos fracassarem. Ele disse que a Alemanha quer que o setor financeiro compartilhe totalmente os custos da atual crise e de crises futuras. Segundo ele, Berlim fará sua própria proposta sobre esta questão nas próximas semanas.

O Conselho de Estabilidade Financeira, criado pelo G20 no ano passado para coordenar a reforma regulatória necessária depois da crise financeira, informou neste sábado que está considerando movimentos como o planejado pela administração Obama em reduzir os riscos colocados pelos grandes bancos. O conselho informou também que os planos norte-americanos são bem vindos e que a entidade irá publicar suas recomendações em outubro de 2010. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Alemanha reformas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.