Alencar considera redução de juros muito tímida

O vice-presidente da República e ministro da Defesa, José Alencar, elogiou a decisão do Copom de reduzir a taxa Selic em 0,5 ponto porcentual, mas considerou o porcentual "muito tímido". Segundo ele, os juros de 12,5% a 13% reais praticados no Brasil, atualmente, ainda não são civilizados. Ele lembrou que nos países desenvolvidos os juros são 1/10 dos praticados no Brasil. Com relação ao salário mínimo, Alencar disse que o Brasil vive uma ambigüidade: remunera bem o capital e mal o salário dos trabalhadores. Ele não quis opinar sobre o valor ideal do mínimo, "porque existem grandes diferenças regionais". Alencar falou aos jornalistas, depois de presidir a solenidade de entrega da Ordem do Mérito da Defesa a 228 autoridades federais e civis do País. Entre elas, 16 ministros, quatro senadores e nove deputados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.